O diamante e a mulher virtuosa.

“Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede ao de finas jóias” Provérbios 31:10 Sabemos que existem muitas jóias são va...

“Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede ao de finas jóias” Provérbios 31:10

Sabemos que existem muitas jóias são valiosas, mas o diamante é muito raro e chama a atenção pela sua beleza e brilho, podendo o preço chegar em R$70.000.000,00 . O diamante é, muitas vezes, encontrado nas profundezas da terra, em rochas, ele precisa ser lavado, lapidado, até se tornar uma jóia de valor. 


“As pedras brutas de diamante no seu estado natural, assim que são tiradas da terra, não tem boa aparência, mas olhando de perto, percebe se um brilho enfumaçado, ainda ofuscado, pois falta a lapidação. O processo de lapidação é muito trabalhoso, e são necessárias muitas horas de dedicação e atenção. Da lapidação até o diamante em seu estado final, pode se sacrificar até 60 % de toda a sua estrutura original, quando são tiradas as aresitas e as sobras, a lapidação se processa para que seja retirado da pedra preciosa todo o defeito superficial e ao mesmo tempo reforçar a cor ou o brilho da mesma. Um simples descuido pode despedaçá-lo. Trabalhado com zelo, torna-se perfeito aos olhos do joalheiro. Terá mais valor, quando mais pesado for, quanto mais claro for, quanto maior for o grau de pureza. Quando um expert em pedras preciosas olha no interior e não encontra no diamante vestígios de impurezas, então é considerado um diamante valioso.” 

Nós somos como diamantes nas mãos do Pai, quando o Senhor nos achou não tínhamos nenhum brilho ou valor, estávamos na escuridão do subsolo, até que o Pai olhou para nós e mesmo que ninguém visse algum futuro. Ele nos olhou com seus olhos de amor e resolveu fazer de nós mulheres de valor. 
Nosso valor está escondido Nele e muito excede ao do diamante, não fomos compradas por ouro ou prata, mas pelo preço de sangue do Cordeiro de Deus derramado na cruz do calvário. Mas até nos tornarmos jóias de valor, acontece um processo doloroso: somos lapidadas, polidas… muitas vezes temos que renunciar nossas vontades, somos tentadas, caímos, muitas vezes nosso coração é quebrado, acontecem situações onde não vemos saída e mesmo que o diamante não reconheça seu valor o joalheiro reconhece! 
Deixe que Ele te lapide, que Ele te molde, para que você possa refletir a luz de Cristo. A vontade Dele é sempre boa, perfeita e agradável. Em um mundo onde as mulheres estão se desvalorizando ao ponto de serem tratadas como bijuterias de camelô, declare seu valor! Você é preciosa aos olhos de Deus!!!

Extraído e adaptado da Revista Preciosa

Postagens Relacionadas

0 comentários