O púlpito e o testemunho pessoal.

Recentemente vi uma imagem nas redes sociais que trazia uma mensagem dizendo para os pregadores que o púlpito era lugar de se pregar a Pala...

Recentemente vi uma imagem nas redes sociais que trazia uma mensagem dizendo para os pregadores que o púlpito era lugar de se pregar a Palavra de Deus e não para dar seu testemunho pessoal.

E muitas pessoas concordaram com tal afirmação, porém eu fiquei muito incomodada.

Pois o cristão é chamado a testemunhar Cristo através da sua vida, de suas atitudes. Somos chamados a ser imitadores de Cristo (Efésios 5.1), a nos diminuir para somente Ele aparecer (João 3.30).

Eu sei que muitos usam o púlpito como 'trampolim' pessoal, para auto promoção, testemunham somente de si de, que ele mereceu... conquistou... prosperou... e não pregam a verdade do evangelho, que Cristo o lavou de seus muitos pecados... que ninguém merece tal amor... para cada negar-se a si mesmo, carregar sua cruz e seguir a Cristo...

Já dizia Francisco de Assis: "Pregue o evangelho em todo o tempo. Se necessário, use palavras."

Cristo tem que ser visível e até audível em nossa vida, mesmo estando nós de boca fechada, pois tal se dará pelas nossas atitudes, nosso amor ao próximo que é reflexo do amor que temos à Deus.

Então eu digo, pregadores usem sim o púlpito para dar seu testemunho pessoal, se este for condizente com a Palavra de Deus, para que as pessoas vejam que Cristo é o único Caminho, a única Verdade e o único que nos dá Vida, o único Salvador e digno de toda Honra e toda Glória!


Por Grá Carol Donadeli

Postagens Relacionadas

0 comentários