As certezas incertas da vida

Todos nós traçamos planos para nossa vida. Planos para longo e médio prazo: terminar a faculdade, abrir o próprio negócio, casar, te...


Todos nós traçamos planos para nossa vida.

Planos para longo e médio prazo: terminar a faculdade, abrir o próprio negócio, casar, ter filhos, conseguir comprar uma casa ou trocar de carro.

Também traçamos planos para curto prazo: agendas de compromissos urgentes, terminar aquele trabalho para esta semana, ir ao dentista amanhã...

Criamos expectativas, metas, desejos que queremos correr atrás, sonhos, planos, projetos de vida.

Mas é certo que é tudo incerto pois não podemos nem mesmo ter certeza se amanhã realmente choverá como está previsto pelos 'homens do tempo' ou se dará sol, se continuará frio ou fará calor, se estaremos aqui ou acolá, se continuaremos vivos ou não, quanto mais se nossos planos se concretizarão.

A verdade é que não somos donos do nosso futuro, nem mesmo do que estamos vivendo neste exato momento!

Por nós mesmos não podemos ter certeza da nossa jornada, do nosso destino, se tudo dará certo, pois tudo é incerto.

Nossos planos são falhos, somos seres pequenininhos e limitados. 

Não podemos viver em nossas pretensões arrogantes como se pudéssemos fazer algo por nós mesmos, mas sim temos que ser totalmente dependentes do Senhor, colocando Nele nosso viver e o dar cada passo.

Planejando sim, mas planejando em Deus, depositando Nele todos os nossos projetos e dizendo "Se o Senhor quiser!" e aceitar o querer Dele.

A certeza certa para a nossa vida está em Deus, pois seus planos não podem falhar e a sua vontade é boa, perfeita e agradável a nós.

Vivamos os planos de Deus!

"Atendei, agora, vós que dizeis: hoje ou amanhã, iremos para a cidade tal, 
e lá passaremos um ano, e negociaremos, e teremos lucros. 
Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? 
Sois, apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa. 
Em vez disso, devíeis dizer: Se o Senhor quiser, 
não só viveremos, como também faremos isto ou aquilo. 
Agora, entretanto, vos jactais das vossas arrogantes pretensões. 
Toda jactância semelhante a essa é maligna." (Tiago 4 13-16)


Que o bom Deus nos abençoe!


 Grácia Donadeli

Postagens Relacionadas

0 comentários