Não varra seus pecados para debaixo do tapete!

Lembro de um dia, quando ainda era bem pequena, devia ter uns cinco ou seis anos e era época natalina, minha mãe já havia montado e e...



Lembro de um dia, quando ainda era bem pequena, devia ter uns cinco ou seis anos e era época natalina, minha mãe já havia montado e enfeitado a árvore de natal na sala de casa, e ela percebeu que quando eu olhava aquelas bolinhas coloridas meus olhos chegavam a brilhar de tão encantada que estava e, como toda mãe, ela me advertiu para que eu não fosse mexer em nada.

Porém, assim que ela saiu de perto de mim, eu desobedeci e fui mexer nos enfeites e nas tentadoras bolinhas reluzentes e deixei uma delas cair no chão, quebrando e ficando em cacos.

Mas eu, ao invés de contar para minha mãe o que havia acontecido e confessar o meu erro, preferi esconder os caquinhos da bolinha atrás do sofá.

Que tolice... o esconderijo logo foi descoberto e com ele minha desobediência, o meu pecado.

Esconder, fugir, cometer um pecado para tentar esconder outro...

E assim já acontece desde o Éden.

Adão e Eva se escondendo de Deus depois de terem comido do fruto proibido...

A reação de Caim depois de ter assassinado seu próprio irmão...

Davi quando articulou a morte do marido da mulher com quem adulterara e engravidara...

Pecados varridos para debaixo do tapete ou em vão escondidos atrás do sofá da sala!

A quem queremos enganar?

Enganamos somente a nós mesmos, pois o Senhor tem ciência de tudo o que acontece.

Quando Deus perguntou à Adão onde ele estava, não foi porque Ele nãos sabia, mas sim para que o próprio Adão conseguisse ver sua condição, seu  pecado, e se arrepender confessando para si e para Deus o que ele havia feito.

Nada há que em Deus não venha a ser revelado!

Nada podemos esconder do Senhor!

Assim como minha mãe descobriu que eu tinha quebrado a bolinha da árvore de natal, muito mais Deus tem conhecimento dos nossos atos, sejam eles certos ou pecaminosos.

Ei, onde você está? O que você está fazendo aí?

O melhor a fazer não é querer esconder inutilmente nossas fraquezas, erros e pecados, mas sim reconhecer nossa miséria, arrepender e confessar toda culpa pois "Se confessarmos os nosso pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça." (1 João 1.9)

Que o Senhor nos abençoe!


Grácia Donadeli

Postagens Relacionadas

0 comentários