Deus, o "quebrador" de paradigmas humanos.

S er bem sucedido financeiramente, ter uma carreira invejável, uma casa cheia de luxo, falar fluentemente outros idiomas, ter um corp...



Ser bem sucedido financeiramente, ter uma carreira invejável, uma casa cheia de luxo, falar fluentemente outros idiomas, ter um corpo malhado, aparentar sem sempre mais jovem, ter a mente aberta para aceitar o homossexualismo, a promiscuidade e o aborto, ser sempre o melhor, o mais bonito, o mais em tudo e acima de todos...


Padrões do mundo, modelos que nos é imposto pela sociedade para seguir, e quem não seguir é taxado de fóbico em alguma coisa, careta e antiquado.


Ah mas não é só no mundo que existem padrões que querem nos impor. Dentro das igrejas também há certas regras que a religiosidade humana quer nos fazer descer "goela abaixo".


Comprimento do cabelo, da saia, jargões, flutuar numa nuvem de santidade religiosa, intocável e de autossuficiência.


Mas Deus sempre quebra os paradigmas humanos.


Deus não segue regras ou achismos de homens pois Ele é soberano e não está em busca de pessoas "modinhas" mas sim de pessoas que se desnudam diante dele, que reconhecem toda a sua pecaminosidade e dependência divina.


Enquanto o mundo, ou melhor, o mundo que está dentro das igrejas diz que Deus só usa homens ricos, fortes e "santarrões", vemos na Bíblia que Deus escolheu para si pessoas pobres, fracas e pecadoras, assim como Davi, um adúltero, foi chamado de 'homem segundo o coração de Deus'; Raabe, uma prostituta, ser citada na linhagem de Jesus; Paulo, um perseguidor e assassino de cristãos, ter sido grandemente usado para levar o evangelho a muitos povos.


Deus quebra paradigmas.


Nós não devemos nos amoldar aos padrões mundanos, nem seguir exemplos humanos, mas devemos ter somente um padrão que é Jesus Cristo.


Somos chamados a seguir o modelo perfeito de Cristo em santidade, amor, humildade, compaixão e obediência a Deus.


Ele é nosso alvo. Parecer cada vez mais com Jesus, esse é o objetivo e propósito do cristão sob a face da terra, e esse é um paradigma que Deus se agrada.


É bem provável que ao seguir o paradigma divino e não mais o estabelecido pelo mundo perderemos amigos, companhias, seremos taxados de muitos adjetivos, porém antes estar debaixo da vontade do Senhor do que afastado de sua benção. O mundo pode nos rejeitar, porém Deus não nos rejeitará.


Que o Senhor Deus venha de encontro as nossas vidas e quebre nossos paradigmas, para que possamos viver os Dele.


“Mais importa obedecer a Deus do que aos homens” (Atos 5.29)




Deus nos abençoe.



Grácia Donadeli

Postagens Relacionadas

0 comentários